raquel@raquellotti.com

(21) 3431-3512  - (21) 3030-3927  - (21) 96865-3741

My Image

IDADE IDEAL

My Image

Antes de falarmos sobre a idade de uma primeira avaliação Ortodôntica, é importante ressaltar que alguns procedimentos simples podem prevenir a instalação de grandes maloclusões. O diagnóstico e a eliminação de hábitos prejudiciais que descompensam o equilíbrio entre a musculatura perioral e intraoral em uma idade precoce pode impedir que grandes descompensações dentárias sejam criadas. Portanto, pode-se dizer que a prevenção de problemas ortodônticos se inicia na vida intrauterina, com a orientação as futuras mamães sobre os hábitos saudáveis de amamentação e cuidados da saúde bucal de seus bebês. Essas orientações podem ser realizadas pelo Clínico Geral, Odontopediatra ou Ortodontista.

O ideal é que toda criança passe por uma avaliação quanto a necessidade de tratamento ortodôntico por volta dos 6 ANOS e meio. Alguns casos específicos como mordida cruzada ou em que o queixo é mais para frente podem ser interceptados antes dessa idade. Mas, de uma forma geral entre os 6 ou 7 anos é possível constatar bem cedo problemas relacionados ao crescimento dos ossos da face e dentes.


Em uma avaliação inicial faz-se o diagnóstico do tipo de crescimento e desenvolvimento da criança, se seu queixo está crescendo mais ou menos do que o ideal, se sua mordida está correta ou torta, se seus dentes superiores estão muito para frente ou passando por trás dos inferiores e verifica-se a presença de hábitos prejudiciais ao seu desenvolvimento, como por exemplo, chupar dedo, roer unha, entre outros. Grande parte dos problemas de mau posicionamento dentária são tratados nessa idade. Dependendo do tipo ou tamanho do desvio, alguns procedimentos podem ser realizados nessa época contribuindo para um melhor desenvolvimento dos dentes e da face e melhorando a auto estima da criança.


Já em relação aos ADULTOS, em qualquer idade um indivíduo pode se beneficiar de um tratamento ortodôntico, desde que haja saúde das estruturas em volta dos dentes. Não existe idade limite para iniciar qualquer intervenção, entretanto, quanto mais jovem o paciente mais rápida será sua resposta biológica.